Lembro-me bem quando fizemos as primeiras vendas de mesas bistrôs pela internet! 

Claro que isso faz muitos anos, mas vou contar pra vocês: juro que quase apaguei o e-mail do primeiro pedido no impulso porque não consegui acreditar logo de cara.

Hoje tudo mudou aqui na Tambo! 

Graças ao bom relacionamento que temos com todos nossos clientes e claro, ao produto que todos amam recebem em suas casas, é que continuamos prosperando no mercado.

E é exatamente isso que queremos levar para o seu negócio também! Queremos lhe ajudar a concretizar e inspirar seus sonhos! e lhe trazer crescimento e prosperidade sempre! 

Para estes objetivos, contar com as tecnologias de grandes marketplaces pode ser fundamental. 

No nosso caso utilizamos marketplaces especializados em móveis como Americanas, Madeiramadeira, Amazon entre outros, e também nosso próprio e-commerce emporiotambo.com.br.

Já no ramo da alimentação delivery os marketplaces especializados em vender os pratos e a entrega são outros e escolhemos te ajudar a se cadastrar em um dos mais importantes dele hoje: o IFOOD! 

Não estamos fazendo marketing para o IFood, tanto é que deixamos links de outros marketplaces com esta mesma especialidade lá no final do post, queremos que você escolha o melhor para o seu caso. 

Acontece que o IFood é o maior e mais genérico de todos os APPs de delivery no Brasil e certamente pode lhe ajudar a vender no mundo da internet. Ou expandir se você já está acostumado com outros meios de atendimento, como WhatsApp por exemplo, ou outro marketplace mais especializado ao seu caso.

Bem, vamos começar pelo básico e ao final tenho certeza que já estará vendendo pelo IFood ou quem sabe, encontrado um outro app que se encaixe melhor para o seu negócio! Boa sorte!

O que é o iFood? 

O iFood é uma plataforma de delivery de comida que faz parcerias com restaurantes, disponibilizando seu cardápio online e proporcionando mais visibilidade! 

Criado em 2011, o iFood surgiu revolucionando os métodos de entrega de comida, facilitando tanto para os empreendedores quanto para os consumidores.

Possui mais de 200.000 restaurantes cadastrados, mais de 150.000 entregadores ativos, mais de 2,5 mil funcionários e uma média de 39 milhões de pedidos entregues por mês.

Em pouco tempo conquistou o mercado e hoje é o maior serviço do ramo, estando em mais de 1000 cidades espalhadas por todos os estados brasileiros e também em outros países como México e Colômbia.

Sem falar dos mais de 1,5 milhões de downloads do aplicativo por mês!

(pode parar para respirar depois de tantos números, hehe!) 

Entregador segurando o celular com a logo do ifoodEntregador segurando o celular com a logo do iFood. Por Motoristas de Aplicativos

Essa plataforma traz consigo diversas vantagens e pode ser um complemento para quem já possui seu restaurante em um espaço físico com atendimento ao público com mesas e cadeiras e também para quem só trabalha com entregas e balcão!           

Vantagens do seu restaurante estar no iFood

Assim como você viu, o iFood se tornou uma das maiores empresas de delivery, estando inclusive entre as mais famosas da América Latina nesse tipo de segmento.

Para provar isso, é só você reparar que hoje em dia as pessoas não falam em “pedir comida”, e sim em “pedir iFood”, não é mesmo?

Mas muitas empresas ainda se questionam se vale a pena ingressar nessa plataforma. Se você é uma delas, separamos algumas vantagens que o seu restaurante tem ingressando no aplicativo do iFood! 

Maior visibilidade do restaurante

A primeira vantagem que o aplicativo oferece é a maior visibilidade do seu restaurante. O iFood é muito conhecido e o marketing realizado por ele é enorme!

A empresa investe muito em divulgação, tanto que vários famosos participam das propagandas que são passadas diversas vezes nos comerciais da televisão.

Com a divulgação da sua empresa no aplicativo é possível atrair novos clientes, fazendo com que as pessoas que nem se quer já passaram em frente ao seu restaurante, o descubra!

Um ponto interessante é que quando você cadastra seu restaurante no iFood, ele é sinalizado e destacado como sendo “novo” e fica no topo da plataforma.

Isso funciona como um estímulo e incentivo para as pessoas fazerem o pedido naquele restaurante!

Com essa exposição do seu negócio é muito mais fácil conquistar novos fregueses, e quem sabe, também atrai-los para o seu espaço físico. 

Três pessoas em mesa de restaurante comendo hambúrguer e mexendo no celularTrês pessoas em mesa de restaurante comendo hambúrguer e mexendo no celular. Por Shutterstock

Outro fator que colabora com a visibilidade do seu restaurante e faz com que ele fique no topo das buscas são as avaliações.

A comida, atendimento, rapidez e embalagem de qualidade lhe proporcionam uma boa nota nas avaliações realizadas pelos clientes no aplicativo.

Invista em embalagens diferenciadas e garanta que o lanche chegará em boas condições, é isso que, no serviço delivery, faz com que as pessoas tenham uma boa primeira impressão do seu restaurante.

Para quem está começando, uma ideia é enviar brindes para os primeiros clientes. O seu negócio não pode correr o risco de ter notas baixas assim, principalmente no início.

Um pequeno chocolate já é o suficiente para impressionar o freguês e o incentivar a avaliar o seu restaurante lhe rendendo muitas estrelinhas, afinal, avaliação não se pede, se conquista!

Você pode colocar o custo do brinde como parte da sua verba de investimento de marketing, um custo que, na verdade vai te alavancar e trazer retornos no futuro.

Você atinge um novo público

O aplicativo já é muito famoso e há uma enorme quantia de usuários, isso significa que grande parte das pessoas preferem e optam por esse tipo de serviço.

Não precisar se deslocar nem enfrentar filas é um dos principais pontos positivos de um delivery de comida!

O cliente acessa o seu restaurante pelo aplicativo no celular, navega pelo cardápio, compara os preços perante outros estabelecimentos, efetua a compra e recebe a comida sem sair do sofá.

Além disso, podem fazer o pedido a onde quer que estejam e com um prazo de entrega rápido, afinal, quem está pedindo tem fome! 

Infográfico do iFood: aumento dos pedidos em novembro de 2019Infográfico do iFood: aumento dos pedidos em novembro de 2019. Por Mercado&Consumo

Facilidade no gerenciamento

O aplicativo e o site são muito práticos de usar. A plataforma sempre está em constante melhoria para tornar a utilização mais fácil, tanto para os seus parceiros quanto para os consumidores.

Inclusive, caso você esteja vendo esse post e as nossas informações já não estão mais atualizadas, nos avisem aí embaixo nos comentários para corrigirmos! 

Na plataforma é possível fazer mudanças ou atualizações do menu de uma forma simples! Imagens, preços e novos pratos podem ser adicionados em tempo real com facilidade e ficam disponíveis em poucos minutos. 

É uma vantagem do delivery! 

Você acaba poupando tempo e dinheiro, já que não é necessário imprimir novamente os cardápios e panfletos físicos cada vez que tiver uma alteração nos pratos do restaurante.

Pessoa segurando o celular e mexendo no aplicativo do iFoodPessoa segurando o celular e mexendo no aplicativo do iFood. Por Revistapeng (iFood/Divulgação)

Quais os requisitos para ter conta no iFood?

Antes de realizarmos o cadastro do seu restaurante, lanchonete, cafeteria, entre outras empresas do ramo alimentício, é preciso se atentar a algumas condições.

A primeira e principal delas é você fazer uma comida de qualidade e dispor de um bom atendimento, entregando sempre as refeições prontinhas para o consumo!

Outra condição indispensável é ter um computador com acesso à internet para que você consiga acessar a plataforma e atender os seus clientes.

Precisa ter um sinal estável, pois todo o funcionamento é online, então uma boa internet se torna fundamental para o recebimento dos pedidos!

Caso contrário, se o sinal oscilar ou “cair” com frequência, você não consegue receber novos pedidos e nem controlar os que estão em andamento.

Donos de restaurante mexendo no notebook em balcão.Donos de restaurante mexendo no notebook em balcão. Por GeorgyRude - iStock

Também é interessante ter um telefone para que as pessoas possam entrar em contato com o restaurante, e para você realizar o feedback, perguntando ao cliente se ocorreu tudo certo. 

Lembre que esse feedback é importante para incentivar o cliente a dar aquelas estrelinhas na avaliação do restaurante no App! Que é o que vai garantir novos pedidos para você!

Além disso, dependendo da sua região, você terá que contar com uma equipe própria de entregadores. Consulte a disponibilidade, pois pode ser que não tenham entregadores cadastrados na sua cidade.

Dessa forma, no plano básico, você terá que ter também uma maquininha de cartão para que os entregadores possam realizar pagamentos via cartão. 

Por fim, é obrigatório ter um CNPJ da empresa para fazer o cadastro, além de outros dados que veremos no passo a passo que separamos para você!

Passo a passo de como fazer o cadastro no iFood

Para cadastrar a sua empresa no iFood é bem simples, primeiramente você precisa acessar o site ifood.com.br.

No canto superior direito clique em “Restaurante” para ser encaminhado a uma nova página.

pagina inicial do ifood

Clique em “Cadastrar Restaurante”. 

venda mais com o ifood

Preencha o formulário inicial com o seu nome completo, e-mail e número de telefone para contato. Clique em “Começar Cadastro”.

Cadastre-se no ifood

Em seguida aparecerá outro formulário em que você preencherá os dados da sua empresa, como: CNPJ, razão social, CEP, telefone, cidade, se o seu restaurante já possui ou não serviço de entrega, entre outros dados.

No campo “especialidade” você deve selecionar qual categoria se enquadra a sua empresa, por exemplo: cafeteria, comida japonesa, lanches, etc.

Depois de preenchido, clique em “Continuar”.

Informações da loja

Agora você precisa preencher os dados do dono do restaurante. É preciso que seja a mesma pessoa em que o CNPJ está vinculado. Depois, clique novamente em “Continuar”.

Responsável legal da loja

Feito isso, você vai selecionar qual plano você deseja para o seu restaurante. 

Antes de mais nada quero frisar que estes foram os dados que coletamos no site do iFood em setembro de 2020. Pode ser que tenham alterações dependendo do dia que você estiver lendo este conteúdo.

Nos avise nos comentários ao final da página se encontrar algum dado diferente pra nos ajudar a manter o guia sempre atualizado.

A primeira opção é o Plano Básico, onde o restaurante entra com o seu próprio entregador.

  • Taxa de 12% sobre o valor de cada pedido, incluindo taxa de entrega. Mais 3,5% para pagamentos feitos pelo aplicativo.
  • Mensalidade de R$100,00 se o faturamento do seu restaurante for maior que R$1.800,00, caso contrário você não paga mensalidade.

E a segunda opção é o Plano Entrega, onde o iFood disponibiliza os entregadores, você só precisa se preocupar em deixar o pedido pronto assim que ele chegar.

  • Taxa de 27% sobre o valor de cada pedido.
  • Mensalidade de R$130,00 se o faturamento do seu restaurante for maior que R$1.800,00, caso contrário você não paga mensalidade.

O iFood não possui fidelidade, então você pode cancelar o plano quando quiser.

Planos disponíveis

A próxima tela é sobre os dados bancários para o recebimento. Você deverá assinalar qual conta deseja receber o repasse do pagamento do iFood, na pessoa jurídica ou na pessoa física.

Em seguida, informe os dados do banco, confira se está tudo certo e clique em “Continuar”.

Dados bancários para recebimento

Por Renata Carbonero

Por fim, crie um login e uma senha de acordo com as orientações descritas na tela e clique em concluir.

Após o cadastramento concluído o iFood entrará em contato com você e lhe enviará o contrato para ser assinado por e-mail, isso levará em média de 1 a 7 dias.

Atenção para o cardápio

Após o contrato assinado, precisamos cadastrar o cardápio no aplicativo e prestar atenção em alguns detalhes importantes!

Você pode cadastrar o seu menu pelo Portal do Parceiro, acessando com o seu login e a sua senha. Mas não se preocupe, o iFood vai lhe repassar todas as orientações necessárias!

Ao cadastrar o seu cardápio você deve organizar seus pratos por categorias, destacando os mais vendidos e os que estão na promoção, por exemplo.

Dentro dessas categorias adicione as fotos, descrições, preço e crie um nome para cada produto.

Ferramenta cardápio no iFoodFerramenta cardápio no iFood. Por Linx Share

Tente não colocar muitas opções de pratos, insira os principais e mais ágeis de produzir, para facilitar o pedido do cliente, o seu fluxo de produção e também otimizar o tempo de entrega.

Coloque descrições detalhadas sobre os ingredientes, quantidade e valores de cada refeição. Use adjetivos que valorizem o prato e aumentem o desejo do cliente.

Por exemplo: “Pastel crocante e recheado de calabresa”. Percebe que só de ler já ficamos com água na boca?

Pessoa segurando celular com logotipo do iFood, batatas e hambúrguerPessoa segurando celular com logotipo do iFood, batatas e hambúrguer. Por Comunidade Sebrae

Outro detalhe que deve nos deixar com água na boca são as fotos! 

No delivery há uma desvantagem, pois não podemos ver o prato pessoalmente e nem sentir o cheiro. Por isso, invista em fotos de qualidade e reais, afinal, comemos com os olhos, não é verdade? 

Você pode fazer essas fotos com o seu celular mesmo, é só elaborar um prato saboroso, colocar em um fundo caprichado e escolher o melhor ângulo!

Lanxhe do Monkey Jack em cima da mesa TamboLanche do Monkey Jack em cima da mesa - Cliente Empório Tambo

Vai dizer que só de olhar essa foto já não deu vontade de pedir um lanche desses? Sem falar que a nossa mesa personalizada deixou tudo ainda mais bonito!

Evite pegar fotos da internet ou de outros restaurantes, elas possuem direitos autorais e ainda podem acabar decepcionando o cliente por não reproduzirem exatamente como é a sua comida.

Lembre: Produtos sem fotos ou sem uma descrição clara abrem portas para a concorrência.

Ah, e não esqueça de inserir os produtos adicionais como bebidas, sobremesas e talheres, eles são necessários e agregam valor ao produto!

Como os valores são repassados?

Atualmente o repasse dos valores dos pedidos pelo iFood são feitos em 28 ou 30 dias, ou seja, você vende hoje e recebe apenas daqui a 1 mês.

É importante avaliar e fazer cálculos para não se perder nas contas, até porque ainda serão descontados as comissões e a mensalidade do iFood de acordo com o seu plano.

Quais as formas de pagamento são aceitas?

O iFood permite que o consumidor realize o pagamento no momento da entrega do pedido ou pelo aplicativo com cartões de crédito/débito e vales-alimentação.

Entretanto, cada estabelecimento pode adotar a modalidade que lhe convém, então nem todos aceitam cartão de débito, por exemplo.

Você pode inserir as formas de pagamento que seu restaurante aceita nas configurações do perfil, no aplicativo!

É essencial constar essas informações na hora da compra, para o cliente não ter surpresas desagradáveis na hora de efetuar o pagamento do pedido ao entregador.

Informações de pagamento

Informações de pagamento. Por 33giga

Vale a pena investir em um aplicativo próprio? 

Por conta das altas taxas cobradas pelo marketplace para restaurante, os empreendedores ficam na dúvida se vale a pena investir em um aplicativo próprio.

Mas pense comigo, será que as pessoas terão um aplicativo baixado para cada restaurante que frequentam?

Dificilmente há espaço de sobra no armazenamento do nosso celular e estamos sempre na função de selecioná-los para mantermos os que mais usamos.

Se for pensar por esse lado, o marketplace é mais prático e nele contemplam diversos restaurantes com variedade de opções e  ferramentas em uma única plataforma.

Também é muito importante principalmente pela questão da divulgação, quando você está começando o seu negócio.

Pessoa segurando o celular na tela inicial do iFoodPessoa segurando o celular na tela inicial do iFood. Por Gizmodo (iFood/Divulgação)

Para desenvolver um aplicativo próprio você terá que investir em marketing, tempo e muito dinheiro.

É preciso analisar se seu restaurante possui um forte movimento, se seu público é potente e tem frequência de consumo, se ele realmente deseja se relacionar com o restaurante através do aplicativo.

Além do mais, o aplicativo não deve ter apenas a função de realizar pedidos, até porque isso pode ser feito através do telefone ou WhatsApp.

Ele precisa ter uma diferenciação, falar sobre promoções, como é feita a comida, receitas, etc., precisa ser relevante e interessante, fazer valer a pena te-lo instalado no celular das pessoas.

Você precisa ter em mente que a função dessas plataformas são trazer novos fregueses, ampliar o tráfego e o faturamento do restaurante, então é preciso tomar cuidado para o efeito não ser inverso!

Como atrair clientes no iFood?

Além das fotos caprichadas, descrições bem feitas, embalagens de qualidade, avaliações positivas e brindes inesperados, há mais uma forma de fazer com que as pessoas prefiram comprar no seu restaurante.

E é claro que estou falando do que o cliente mais gosta e procura: frete grátis e cupons de desconto!

Homem surpreso, com a mão na cabeça olhando o celular.Homem surpreso, com a mão na cabeça olhando o celular. Por Free Pik

Utilizando a ferramenta de promoção você pode ajustar o valor do seu produto para tentar encaixar um frete grátis aqui, ou um cupom de desconto lá...

Essa ferramenta é importante porque os restaurantes que estão com promoções assim, ficam em uma aba separada na página inicial.

Então obviamente quando o cliente abrir o aplicativo, vai filtrar pelos restaurantes que estão oferecendo frete grátis, cupom de desconto, ou até mesmo combos e sobremesas gratuitas!

Devo usar outros aplicativos além do iFood?

Uma coisa é certa: você não deve depender de apenas uma fonte de venda no seu restaurante! 

Tenha outros meios como: vendas no balcão, atendimento no salão, delivery próprio ou aplicativos de entregas. Caso algum desses meios dê problema, o outro está aí para te salvar!

Respondendo à pergunta acima, antes de pensar em se cadastrar em mais um aplicativo de entregas de comida, lembre que o iFood é o aplicativo que mais tem restaurantes cadastrados.

Para o seu negócio pode até ser bom ingressar em outro aplicativo com menos restaurantes cadastrados, pois resulta em uma menor concorrência!

Mas se coloque no lugar do cliente. Ele vai preferir ter um aplicativo de pedir comida com uma maior opção de restaurantes e pratos, não é mesmo?

Por outro lado, se mesmo assim você pretende aumentar os pedidos através de delivery, é interessante sim entrar em mais uma plataforma. Seu negócio ganhará ainda mais visibilidade!

Porém, você precisa analisar a situação do seu restaurante e ver se vale a pena, principalmente por conta das taxas.

Consulte cada aplicativo e veja a disponibilidade na sua região e as tarifas cobradas. Alguns cobram pela adesão, mensalidade e/ou comissão por cada venda.

Pessoa segurando o celular com a imagem da página incial do Uber EatsPessoa segurando o celular com a imagem da página incial do Uber Eats. Por Leak

Na questão das taxas, o Uber Eats, por exemplo, tem uma tarifa inicial que inclui uma sessão de fotos profissional dos seus pratos e um tablet com o software de restaurantes do aplicativo, para facilitar o recebimento dos pedidos.

Também possui a cobrança de uma porcentagem sobre o valor de cada pedido realizado pelo aplicativo.

A plataforma também disponibiliza os entregadores cadastrados no sistema para fazer a entrega para você!

Além do Uber Eats, há mais plataformas como: Rappi, Delivery Much, Aiqfome, entre outros...

Pesquise, faça contas, converse com seus sócios, funcionários, e examine a possibilidade de ingressar em mais de um aplicativo além do iFood!

Conclusão

O iFood já ajudou e ainda ajuda diversos empreendedores a impulsionarem as vendas do seu restaurante, lanchonete, hamburgueria, doceria, e diversos outros estabelecimentos.

Pelo iFood investir forte em divulgação, a visibilidade do seu negócio dentro da plataforma aumenta e atrai muitos clientes novos.

Além disso, conhecendo o aplicativo, explorando as ferramentas e oferecendo frete grátis, cupom de desconto e combos, o seu restaurante fica ainda mais visível!

E isso não é muito difícil de fazer, até porque plataforma é muito simples e fácil de usar. Então não se preocupe quanto a isso!

Se você quer ingressar no iFood realize o nosso passo a passo para o cadastro e nos conte aí embaixo nos comentários se deu tudo certo! 

Ahhh, o seu restaurante já é parceiro do iFood? Então conta pra gente como está sendo essa experiência com o aplicativo!