Equipar a cozinha e o salão de um restaurante não é uma tarefa tão fácil assim. Quando olhamos a lista de utensílios necessários ela parece ser interminável, não é verdade?

Digo isso, porque foi essa a impressão que tive no momento de escrever essa lista para vocês. Diversos equipamentos são essenciais, cada um com uma função e um modelo diferente.

Por um lado isso é bom, sinal que a tecnologia está avançando cada vez mais e tentando facilitar as atividades do dia a dia de quem trabalha em um estabelecimento alimentício.

Por outro lado, nem tanto! São tantas opções e variações de equipamentos que mal sabemos direito qual escolher.

Se você que está montando um restaurante e não tem tanto conhecimento a respeito dos equipamentos, talvez seja interessante contar com a ajuda de um profissional.

Acredito que seja importante para que você tenha a certeza de que está comprando o equipamento correto que vá suprir as suas necessidades, sem gastar dinheiro a toa.

Ah, uma ressalva: se precisar de ajuda para escolher e comprar as mesas e cadeiras para o seu restaurante, pode contar com a ajuda da equipe da Tambo, combinado? 

Espero que este post seja útil e te ajude a formular uma lista de equipamentos essenciais para o seu tipo de estabelecimento! Vamos lá?

Lista de Equipamentos para Restaurante

Quem entra em um restaurante para fazer suas refeições, não imagina quantas coisas estão envolvidas para manter cada detalhe do negócio funcionando perfeitamente!

E uma dessas principais “coisas”, são os equipamentos! São eles que juntamente com o dom de quem cozinha, faz dos alimentos um prato gostoso e de qualidade.

A escolha e compra dos equipamentos para o restaurante é um processo trabalhoso, porém, a gente facilitou para você e criou uma lista com todos os principais equipamentos e a faixa de preço, para que possa te ajudar no planejamento das aquisições:

Nesse processo, é importante você analisar qual o seu tipo de restaurante, e a demanda que ele carrega, para evitar comprar equipamentos maiores e sem utilidade.

Cozinha industrial.Cozinha industrial. Por Ultragaz

Não se empolgue! Compre o que realmente precisa para suprir as necessidades. Veja qual o valor você tem disponível para destinar aos equipamentos e pesquise qual possui o melhor custo-benefício.

Por mais que tenhamos uma grana separada para isso, é sempre bom economizarmos para quem sabe, poder investir o restante do dinheiro em ampliações, ou usá-lo como capital de giro.

Porém, tome cuidado para não cair na famosa armadilha do “o barato sai caro”. Se possível, opte por comprar equipamentos novos, certamente eles estarão em melhores condições e terão garantia se algo acontecer.

Mas, caso contrário, se você optar em comprar equipamentos usados, leve um técnico da sua confiança para dar uma olhadinha e verificar se está tudo certo com o produto!

Lembrando que os valores que vamos colocar em determinados equipamentos, aqui no post, são apenas uma média e podem variar de região para região e também da época. Os valores foram consultados em setembro de 2020.

Conservação e Armazenagem de alimentos

Montar um restaurante é cheio de desafios, tanto fora, quanto dentro da cozinha! Não é?

Além de ter um cuidado especial com a limpeza e higiene do local, a conservação adequada dos alimentos é de extrema importância.

Ela interfere diretamente na qualidade dos produtos oferecidos e consequentemente, na saúde do consumidor. É por isso que os cuidados com o armazenamento é tão exigido pela Vigilância Sanitária.

Conservação de legumes e verduras no freezerConservação de legumes e verduras no freezer. Por BravíssimoS - Shutterstock 

Para se preparar, consulte o departamento de saúde da sua cidade para saber quais são os critérios utilizados nas inspeções. Ou então, acesse a Resolução RDC Nº 2016 publicada pela Anvisa.

Não veja essa inspeção como algo ruim ou desfavorável, ela é essencial para que o seu restaurante apresente higiene, qualidade e bem-estar aos seus clientes!

Lembrando: Esses critérios que são exigidos você deverá saber e deverá seguir timtim por timtim! Combinado? Então vamos aos equipamentos!

Freezer

Segundo o código da Vigilância Sanitária, os alimentos devem ser armazenados separados e em temperaturas diferentes, de acordo com suas características.

Sendo assim, o freezer tem o papel principal e super importante nessa etapa de armazenamento!

É possível encontrá-lo no formato vertical e horizontal. Ele congela os alimentos em temperatura abaixo de 0ºC, sendo o ideal alcançar temperaturas até -15ºC, impedindo que os alimentos estraguem.

Sua capacidade de armazenamento é medida em litros, então um freezer de 100 litros, por exemplo, armazena aproximadamente 55 quilos de alimentos. 

Tendo essa noção, como dissemos antes, analise a quantidade de alimentos que o seu restaurante precisar manter congelado e escolha um freezer que supra as necessidades, para não precisar trocar o equipamento em pouco tempo.

Imagem de freezer horizontal e freezer verticalImagem de freezer horizontal e freezer vertical. Por Zoom

O freezers de gavetas são ideais para armazenar alimentos de forma separada e mais organizada, sendo que, além disso, tudo fica de rápido e fácil acesso.

O freezer horizontal é o mais indicado para o comércio, pois possui um espaço interno maior pelo fato de não ter tantas divisórias, comparado ao vertical, que acompanha prateleiras e gavetas.

Dessa forma é mais fácil de guardar peças bem grandes de carnes e comidas congeladas.

Para ajudar na organização, uma dica é deixar os itens que você usa com frequência por cima, para não ter que retirar todos os outros de uma vez do freezer.

Freezer horizontal com carnes dentroFreezer horizontal com carnes dentro. Por Vinicius Bacarin

A faixa de preço desses equipamentos variam de acordo com a quantidade de litros, marca e loja em que são comprados.

Um freezer horizontal com cerca de 500 a 550 litros varia de R$2.000,00 á R$2.700,00, por exemplo.

Já um freezer vertical com a mesma quantidade de litros pode chegar até o dobro do valor, em uma faixa de R$3.300,00 à R$5.000,00

Claro que esses preços variam bastante de acordo com as características do produto, como do material do freezer, da porta, funções, etc.

Detalhe importante: lembre de JAMAIS desligar o freezer durante à noite! Você não quer ser a vergonha da profissão, né? Estamos brincando, mas o assunto é sério!

Erick Jacquin dando bronca em dono de restaurante por desligar o freezer durante à noiteErick Jacquin dando bronca em dono de restaurante por desligar o freezer durante à noite. Por Sebrae seu negócio (Carlos Reinis/Band)

Geladeira/Refrigerador

Diferente do freezer, esse equipamento tem o papel de refrigerar e conservar alimentos para o consumo rápido, como ovos, legumes, ervas, frutas e pratos já preparados.

Segundo a recomendação da Cartilha sobre Boas Práticas para Serviços de Alimentação, o alimento já preparado pode ficar até 5 dias seguidos conservado dentro da geladeira, entre 0ºC e 5ºC.

Assim, é importante que você compre um equipamento que possa funcionar dentro dessas recomendações, evitando a proliferação de micróbios e bactérias. 

Para facilitar, adquira um modelo que tenha um termostato digital na superfície, assim a equipe da cozinha pode controlar a temperatura e conferir se o ajuste está correto.

Nesse caso, o indicado é que o equipamento seja no formato vertical, para que os alimentos possam ser empilhados sem ficarem amassados e/ou com a embalagem danificada.

Refrigerador.

Refrigerador. Por Local Service

Os mais procurados são o de apenas uma porta, indicados para restaurantes que não necessitam armazenar grandes quantidades de produtos.

Inclusive, pode ser com porta de vidro, facilitando na visualização dos alimentos.

A faixa de preço desse equipamento com a capacidade de 300 a 350 litros, varia de R$1.800,00 à R$2.800,00.

Estantes de Inox

Os alimentos não perecíveis não precisam de refrigeração, podendo ser armazenados em temperatura ambiente.

O local deve ser arejado, limpo e livre de umidade, com temperatura ideal de 25ºC. Armazene e conserve os alimentos de acordo com as orientações de cada produto, conforme informado no rótulo da embalagem.

Tome cuidado com o prazo de validade. Por isso, na hora do armazenamento, coloque os alimentos que estão perto da data de vencimento na frente, para ser usado por primeiro. Mas jamais use produtos vencidos! 

Sendo assim, para o estoque são indicadas as prateleiras ou estantes de inox. Os valores dependem do tamanho, mas variam de R$700,00 até R$2.000,00.

Estante em inox

Estante em inox. Por Brascool

Para a Cozinha

Dentro da cozinha, precisamos pensar em preparar os alimentos de uma forma rápida e prática, sem perder a qualidade, é claro!

Hoje em dia a tecnologia nos proporciona diversos modelos de inúmeros equipamentos, com funções diferenciadas.

Dessa forma, escolha equipamentos de acordo com o seu ramo gastronômico, que não ocupem tanto espaço, que sejam funcionais e agilizem o processo de produção dos alimentos.

Cozinha industrialCozinha industrial. Por Dmitry Vereshchagin

Bancada em Aço Inox

Uma mesa inox é essencial para o preparo dos alimentos e para o apoio de máquinas na sua cozinha. São higiênicas, fáceis de limpar e desinfetar.

Mesa de inoxMesa de inox. Por Brascool

No mercado, você consegue a bancada tanto com pia, quanto sem. É interessante adquirir com pia de 40 ou 50cm para fazer a lavagem dos alimentos, acompanhadas de uma bancada lateral.

Porém, para a lavagem de louças, a bancada deve ser exclusiva, para o alimento não ter contato com a louça suja! (norma da Anvisa, em!)

Mesa de inox com piaMesa de inox com pia. Por Brascool

Os valores dependem do tamanho da bancada, mas a média é entre R$700,00 para uma bancada simples até R$2.000,00 para uma bancada com pia.

O preço também varia de acordo com as características do produto, como, por exemplo, a espessura, a existência ou não de uma prateleira inferior e até mesmo rodinhas, para poder locomover.

Fogão Industrial

Chegamos ao coração da cozinha, o fogão!

A diferença entre o fogão industrial e o doméstico, é que o industrial tem uma estrutura mais potente fazendo com que a comida fique pronta mais rápido.

É preciso que ele seja feito de ferro ou aço de uma boa qualidade e resistência, para saber lidar com as altas temperaturas e o restante dos efeitos do ambiente.

Fogão industrial 4 bocas.

Fogão industrial 4 bocas. Por Venâncio

Há diferentes modelos com variações de pressão, queimadores, grelhas, materiais e quantidade de bocas.

O Fogão com 4 bocas é usado geralmente para os iniciantes do ramo e com ele é possível cozinhar com uma variedade maior de alimentos.

Ele também pode ser com, ou sem um forno. Tudo depende de quanto você prepara alimentos assados, se for com uma frequência média, essa opção é viável, além de economizar, não tendo necessidade de investir em um equipamento separado.

Fogão industrial 4 bocas com forno.

Fogão industrial 4 bocas com forno. Por Venâncio

Então, devido a sua estrutura, material, quantidade de bocas e presença de forno, o preço pode variar bastante.

Os modelos mais simples estão a partir de R$200,00 à R$300,00, enquanto os de até 4 bocas podem chegar a R$2.000,00.

Chapa 

As chapas podem substituir as frigideiras, garantindo agilidade na cozinha!

Escolha um modelo de acordo com o tamanho da sua cozinha e dos alimentos que mais prepara. Em uma chapa lisa é possível preparar alimentos como hambúrgueres, ovos fritos, bacon, cebolas, bifes, entre outros.

Chapa lisa de inox.

Chapa lisa de inox. Por Edanca

Normalmente são feitas de aço inoxidável com algumas camadas superiores de cromo, para que não transfira o sabor de um alimento para o outro.

Também ajuda a evitar que os alimentos não grudem, dispensando o uso do óleo na superfície!

No mercado é possível encontrar chapas a gás ou elétrica, com prensa ou sem prensa, analise a que mais se torna viável em seu negócio!

Chapa com prensaChapa com prensa. Por Edanca

Os valores das chapas variam de R$500,00 até R$2.000,00, dependendo do seu modelo, tamanho e das suas funções.

Fritadeira Industrial

Assim como a chapa, a fritadeira industrial é superior às frigideiras, sem abrir mão da qualidade e da finalização!

Ela se difere das fritadeiras convencionais graças ao sistema de alta potência que atinge temperaturas elevadas em menos tempo.

Além disso, ela também é a mais indicada por ser segura e de fácil limpeza e manutenção do equipamento.

Há diversos modelos no mercado, com tamanhos, quantidades e formas de cestas e cubas diferentes. 

FritadeirasFritadeiras. Por Guia55

Na hora da escolha, você deve analisar o que pretende fritar com mais frequência, para ver se o tamanho do alimento e das cestas estão de acordo para uma fritura de qualidade!

Como dissemos, há diversos modelos e consequentemente diversos valores. Uma fritadeira mais simples custa em média R$300,00. Porém, as maiores podem chegar até R$3.000,00

Coifa 

A coifa é essencial para o bom andamento do restaurante, pois evita que o cheiro dos alimentos cozidos ou fritos no fogão, ou na chapa, se espalhe pelo ambiente, inclusive para o salão.

Também evita que a cozinha fique engordurada e com manchas na parede! 

Elas podem ser instaladas de duas formas, a primeira no modo exaustor, onde expulsam o ar quente para fora da cozinha. E a segunda, no modo depurador, onde elas captam o ar quente e com gordura, filtram e devolvem o ar limpo para o ambiente.

Existem alguns modelos de coifas como a coifa de parede e a coifa central, também conhecida como coifa de ilha, que fica no centro da cozinha.

Ilustração dos tipos de coifa.Ilustração dos tipos de coifa. Por Policentercasa

Deu para perceber que a coifa é indispensável, né? Neutralizar o ar do ambiente é super importante para não espalhar o cheiro da cozinha por todo o restaurante!

Os valores desse equipamento estão a partir de R$600,00, podendo chegar até R$2.000,00 dependendo do seu modelo.

Balança

Determinadas receitas precisam de precisão na quantidade dos ingredientes, qualquer deslize pode prejudicar a receita inteira.

Para isso não acontecer, fuja do olhômetro e confira tudo na balança!

Algumas possuem a base de inox ou metal, que além de ser um material bonito possui durabilidade. Outras são de plástico e em cores diferenciadas.

Balança digital para cozinha

Balança digital para cozinha. Por Clink

Com o uso da balança você pode preparar as refeições padronizadas, com pesos iguais, e ainda pesar marmitas congeladas para o armazenamento.

Assim como todos os outros equipamentos, a balança também tem fatores que variam bastante como material, capacidade e funcionalidades de outras unidades de medida.

Em geral, o custo de uma balança digital é baixo, podendo encontrar abaixo de R$50,00, enquanto as mais caras podem custar em torno de R$400,00.

Liquidificador Industrial

Os liquidificadores industriais são indicados em casos que o uso do equipamento será contínuo, visto que um liquidificador doméstico não ofereça tanta resistência nessas ocasiões.

O liquidificador industrial não queima mesmo se for usado várias vezes no dia, são mais potentes e mais resistentes.

Possuem dois modelos principais no mercado: o de alta e o de baixa rotação. 

O modelo de alta rotação possui 18 mil RPM, ou seja, rotação por minuto. É o mais indicado para restaurantes justamente por suportar bater líquidos e alimentos leves e rápidos diversas vezes no dia em alta velocidade.

Ele é mais rápido e potente, mas não tem um alto poder triturador, sendo mais indicado para bebidas mesmo.

Liquidificador de alta rotação

Liquidificador de alta rotação. Por Skymsen

Já o de baixa rotação possui 4500 RPM. Sua lâmina é mais lenta, mas, em compensação, possui mais força e mais tempo de trituração.

É indicado para alimentos sólidos, receitas mais consistentes como pastas, cremes, bolos, sopas, etc. Você até pode usá-lo para fazer suco, porém não irá aproveitar tanto a fruta.

Liquidificador de baixa rotação.

Liquidificador de baixa rotação. Por Skymsen

Vai do seu critério escolher qual dos modelos melhor se encaixa na sua cozinha!

Quanto aos valores, é um pouco difícil de falar a média, já que os equipamentos podem ter muitos detalhes e funções diferentes um dos outros.

Mas, uma jarra com a capacidade de 2 a 4 litros, varia em média de R$300,00 à R$400,00. Já com uma capacidade maior, de 10 litros, a média pode chegar a mais de R$1.500,00.

Processador de Alimentos

Já percebemos que hoje em dia existe equipamento para quase tudo dentro de uma cozinha, não é mesmo?

Para que perder tempo picando, ralando, descascando, fatiando os alimentos, se um equipamento pode fazer tudo isso para nós, e melhor ainda, sem correr o risco de se machucar!

Tudo isso e muito mais, um processador de alimentos faz de uma forma rápida e prática. 

Diferentes tamanhos e modelos dos processadoresDiferentes tamanhos e modelos dos processadores. Por Melhor do Lar

É possível ralar verduras, preparar um molho, misturar ingredientes e até mesmo desfiar uma carne, entre outros processos possíveis que esse equipamento pode fazer!

Ah, uma dica: tome cuidado para não confundir com o mini processador. Por mais que os dois equipamentos tenham a mesma definição, o mini processador é mais simples e com funções limitadas.

O preço desse produto pode variar de R$500,00 até mesmo quase R$4.000,00, dependendo da sua marca e modelo.

Utensílios de Cozinha

Não podemos deixar de fora o restante dos utensílios de cozinhas, que inclusive, não são poucos! Por isso, vamos citar alguns utensílios mais importantes, para essa lista não ficar enorme.

Pesquise as variedades que existem no mercado, e conforme o tempo, você vai vendo e inserindo tudo o que está faltando dentro da sua cozinha!

Panelas

Existem vários tamanhos, formas, espessuras e materiais de panelas, cada uma com sua utilidade! Seja qual você escolher, é importante que sejam de qualidade.

É interessante, também, que sejam de alumínio, principalmente por serem mais baratas e ter um poder de aquecimento maior.

As caçarolas e os caldeirões, por exemplo, são muito usados em cozinhas industriais. A caçarola é aquela panela mais baixa, usada para cozinhar arroz, massas, etc, em uma quantidade moderada.

Panela modelo caçarola de alumínio

Panela modelo caçarola de alumínio. Por Okayshop

Já os caldeirões são as panelas mais altas, usadas para cozinhar sopa, ensopados, feijoada, etc, em grande quantidade.

Panela modelo caldeirão - Alumínio Oliveira

Panela modelo caldeirão - Alumínio Oliveira. Por Americanas

É claro que existem outras panelas que são exclusivas para determinadas receitas, mas a escolha delas vai depender do seu ramo gastronômico.

Segundo Maísa Lopes, formada em gastronomia e especialista no ramo de vendas de equipamentos para cozinhas profissionais, para quem está começando e não tem muita noção da demanda, o ideal é ter pelo menos, os seguintes utensílios:

  • Caçarolas dos tamanhos 28,30 e 36; 
  • Caldeirões dos tamanhos 30 e 34; 
  • Frigideiras dos tamanhos 26 e 30; 
  • Panela de pressão de 10L; 
  • Escumadeiras e conchas 10 e 12; 
  • Assadeira do tamanho 50; 
  • Passador 35;

Segundo Maísa, esse kit pode custar de R$500,00 até R$1.000,00, mas depende muito do que você irá incluir.

Facas

Não fizemos nada sem uma boa faca, certo? Não podemos correr o risco de perder o alimento por conta de um corte errado causado por ela!

Tenha uma faca sempre bem afiada para cortar legumes, carnes, desossar, descascar, etc. A faca de Chef também é muito útil, pois serve para diversas atividades.

Lembrando de sempre higienizar e secar bem as facas depois do uso, para que não acumulem bactérias!

Diferentes tipos de facas e suas funções.

Diferentes tipos de facas e suas funções. Por Ideias Bem Temperadas

Compre as que são necessárias para a sua cozinha e prefira as de aço inoxidável, eles suportam altas temperaturas e se conservam por um bom tempo.

O preço do kit de facas variam de R$100,00 até R$600,00.

Tábuas de Corte

As tábuas de corte são importantes para não danificar a faca, ter um apoio e uma base higiênica na hora da preparação do alimento. 

Porém, para ter essa higiene o material da tábua deve ser de polietileno, pois a tábua de madeira tem um risco maior de ocorrer a contaminação.

Detalhe importante: tenha uma tábua para cada alimento específico. Compre diversas tábuas e de cores diferentes, para conseguir separar qual tábua é de tal alimento.

Por exemplo: tábua vermelha para carne, branca para laticínios, verde para vegetais, e assim por diante. Cada alimento possui um tipo de bactéria, por isso é importante não misturar!

Tábuas de corte coloridas.Tábuas de corte coloridas. Por Cheff Plast

Um kit com seis tábuas coloridas de polietileno, por exemplo, custa em média de R$200,00 até R$450,00.

Para o Salão

Os equipamentos para o salão do restaurante devem estar de acordo com a proposta do seu negócio. Cada detalhe deve combinar com o que você oferece, e inclusive, com a decoração.

Fazendo a escolha certa desde as mesas e cadeiras, toalhas, até as louças, ajudam na primeira impressão que o cliente tem do seu estabelecimento!

cafeteria

Pratos e Talheres

Os pratos normalmente podem ser na cor branca, por questão de higiene e também para não contrastar demais com as cores dos alimentos.

Cada modelo de prato pode variar com o cardápio que você tem em seu restaurante. Por exemplo, se seu menu contempla bastante molhos, sopas e caldas, o mais indicado é um prato mais fundo.

Independente do modelo que você escolher, evite escolher pratos de metal, pois esse material esquenta e pode acabar queimando o cliente.

Além disso, o material deve ser de fácil limpeza e de grande resistência à riscos e pequenas batidas. Os pratos precisam manter a qualidade já que serão bastante reutilizados.

Prato e talheresPrato e talheres. Por Casa Goianita

Já a escolha dos talheres, não tem muito segredo! Prefira escolher pelos de inox, pois tem uma maior duração e qualidade, além de serem mais fáceis de higienizar.

Aí vai uma curiosidade: segundo um estudo feito na Universidade de Oxford, talheres pesados fazem a comida parecer mais gostosa!

Essa pesquisa tem grande influência na maneira como percebemos os alimentos, que dependendo do talher, dá mais ou menos vontade de comer determinado produto. 

Você sabia disso? Não? Então a partir de agora capriche na escolha dos seus talheres!

Existem diversos kits com quantidades diferentes no mercado, só com prato, ou de prato e talher juntos. Tudo depende de qual modelo de ambos você deseja escolher.

Por exemplo, um kit de 25 pratos de cerâmica e 25 pares de talheres de inox, custa cerca de R$450,00.

Mesas e cadeiras

A escolha das mesas e cadeiras para restaurante também varia bastante de acordo com a proposta do seu estabelecimento e do espaço que ele tem.

O importante é escolher materiais de qualidade, com conforto e um belo design, combinando com a decoração do seu espaço!

É claro que todas essas características estão presentes nas mesas e cadeiras da Tambo, tendo uma qualidade a mais: o acabamento impecável!

Existem modelos variados e para todos os gostos, tenho certeza que você irá encontrar o que mais se encaixa com o seu restaurante e com o perfil do seu público alvo.

Ah, mais uma coisa! Depois de escolher o modelo da mesa, você ainda pode personalizá-la com a logo do seu restaurante, ou com a imagem que preferir. Demais, né?

A faixa de preço dos conjuntos das mesas pode variar de R$200,00 à R$2.000,00. 

É importante reforçar sobre a durabilidade das mesas e cadeiras, visto que os produtos com um preço mais baixo, obviamente possuem uma vida útil mais reduzida. 

E isso serve para qualquer outro tipo de produto!

Sabemos que ficar trocando de mesas e cadeiras cada pouco não é uma alternativa viável, doendo no bolso e também atrapalhando a imagem do restaurante perante os clientes.

Por isso, estude a possibilidade de investir em produtos que possuam uma vida útil mais longa, se tornando um bom custo benefício e facilitando a sua vida dentro do restaurante!

restaurante

Refrigerador/Expositor com porta de vidro

Os refrigeradores são utilizados para armazenar sucos, refrigerantes, águas e outras bebidas que precisam estar no salão.

A capacidade depende novamente da demanda que você tem no seu restaurante, por exemplo, um refrigerador de 260 litros é indicado para estabelecimentos de pequeno a médio porte.

Pode armazenar aproximadamente 222 latas, em temperatura de 0ºC até 10ºC. 

Ou então um refrigerador de médio porte, com a capacidade de 310 litros, armazenando 266 latas aproximadamente.

Refrigerador vertical com porta de vidro.

Refrigerador vertical com porta de vidro. Por CastellMaq

O importante é tomar cuidado para não comprar um equipamento pequeno demais, e que futuramente, não vá suprir a demanda do seu restaurante, precisando trocar de refrigerador em pouco tempo.

A faixa de preço dos refrigeradores com essa capacidade variam de R$2.300,00 até R$3.200,00, dependendo do modelo e marca.

Mesa Buffet para self-service

O estilo self-service é um dos mais procurados no dia a dia das pessoas, justamente por ser mais prático e rápido em meio a sua rotina.

Se o seu restaurante vai oferecer essa modalidade, é necessário ter um buffet para expor os alimentos. Essa exposição exige um cuidado na manutenção da temperatura, para não afetar na qualidade dos alimentos e nem correr o risco de contaminações.

Os alimentos quentes, por exemplo, é ideal que estejam expostos a 60ºC por até seis horas, e os alimentos frios não podem ultrapassar 5ºC e podem ficar expostos até quatro horas.

Mesa buffet

Mesa buffet. Por Venâncio

Esse equipamento pode ser comprado pronto, ou feito sob medida conforme o espaço disponível no seu salão. O investimento em um buffet sob medida será mais alto, mas o acabamento terá mais chances de se aproximar do conceito do seu restaurante!

Independente de qual seja, é importante que tenha rodinhas para facilitar do momento da limpeza e que também tenha um aquecimento ou resfriamento uniforme por toda a superfície.

Os valores variam bastante de acordo com cada tamanho, material e modelo, mas os mais simples custam em média R$1.500,00, enquanto outros podem chegar até R$8.000,00.

Ah, e se o seu restaurante trabalhar com o buffet a quilo, você vai precisar de uma balança também! 

A balança computadora é a mais indicada para restaurantes que servem a quilo, custando em média de R$200,00 à R$600,00.

Prato de comida em cima da balança.Prato de comida em cima da balança. Por Emidio Marques - Jornal Cruzeiro

Para o Atendimento

Por fim, precisamos equipar o nosso balcão de atendimento! Ali serão feitos os atendimentos em geral, como pagamentos e também fechamento de caixa.

Procure fazer uma espécie de bancada, assim você consegue colocar todos os equipamentos no balcão, sem eles ficarem expostos para todo mundo ver.

Além de dar um visual mais bonito e profissional para o restaurante!

No balcão, você vai precisar de um computador com um sistema  de gestão, para que seu atendimento seja mais rápido e eficiente, ajudando na organização, limpeza, controle de estoque e finanças, por exemplo.

Há vários sistemas para restaurantes no mercado, como o Sischef, basta você escolher o que mais se enquadra com o seu negócio.

Além de um computador com software, também será necessária uma máquina de cartão para pagamentos, uma impressora, um telefone e um microterminal fiscal. 

Cliente entregando o cartão para pagamentoCliente entregando o cartão para pagamento. Por Jacob Lund

Conclusão

A lista de equipamentos para uma cozinha profissional não é nada curta, cada produto tem sua importância, função, detalhes, e variações de modelos.

Avalie muito bem o seu negócio para saber quais equipamentos serão necessários e em que tamanho, para não gastar dinheiro com o que não precisa!

Ou quem sabe, ter que trocar o equipamento em pouco tempo de uso, pois o tamanho não é mais o suficiente.

Caso queira optar por comprar equipamentos usados, conte com a ajuda de um técnico de confiança, para conferir se está tudo ok com o produto, evitando futuras dores de cabeça.

Além disso, é importante frisar o cuidado com o armazenamento e a preparação dos alimentos, para que não sejam contaminados e prejudiquem o seu restaurante e os consumidores.

Preste atenção nos critérios que a Anvisa impõe, são muitos detalhes que serão analisados assim que um fiscal fizer uma inspeção em seu estabelecimento.

Lembrando que, apenas os equipamentos e os cuidados com a higiene não vão garantir o sucesso do seu restaurante! 

O que você achou? Espero termos ajudado você a ter uma noção maior a respeito dos equipamentos para a cozinha! 

Se você já tem um restaurante, conta pra gente aí embaixo nos comentários como foi o processo de compra e quais cuidados é importante ter!