Já vou logo dizendo que sempre costumo falar que o melhor prato, é o prato cheio!

Ele não está aqui entre as nossas categorias, mas tenho certeza que também deve ser um dos seus favoritos, não é verdade?

Ou senão, algum destes listados aqui embaixo deve ser. Mas será que você conhece todas as utilidades que cada modelo pode ter?

Eu, sinceramente pensei que o prato fundo fosse usado unicamente para servir sopas. Aposto que você deve pensar a mesma coisa!

Mas os pratos tradicionais que temos em casa, ou no nosso restaurante, podem ser usados para diversos outros tipos de preparações, deixando a receita ainda mais bonita.

Se você é daquelas pessoas que adora cozinhar, preparar um jantar de vez em quando, ou até mesmo ama elaborar uma mesa posta, fica com a gente que vamos te mostrar os diferentes tipos de pratos, as suas utilidades e qual o melhor material para se usar em casa ou no restaurante!

Tipos de prato

Algumas regras de etiquetas e também situações do nosso dia-a-dia nos forçam a saber o que servir em um prato raso e em um prato fundo, por exemplo.

Principalmente em determinados restaurantes, onde as regras de etiquetas e de mesa posta são essenciais, tanto por parte de quem dispõe a mesa e prepara o prato, quanto de quem o consome.

Para garantir que tudo vá ocorrer bem, dê uma olhada no nosso guia completo de Como Montar uma Mesa em Restaurante, tenho certeza que irá te salvar de qualquer imprevisto!

Até porque não existe nada mais constrangedor do que prepararmos ou comparecermos a um jantar e não soubermos o que fazer com tantos tipos de pratos, né?

Pratos, taças e talheres sobre mesa postaPratos, taças e talheres sobre mesa posta. Por Relevo Guardanapo

Para te ajudar, seja na sua casa ou no seu restaurante, separamos este post, agora focado mais nos pratos, mostrando os diferentes tipos, quais os tamanhos, quando usar e o que servir em cada um! 

Prato Fundo

Citei ali em cima que o melhor prato é o cheio, mas já que não temos essa categoria aqui, pode ser o fundo também, não acha?

Em almoços de família sempre dissemos que queremos o prato fundo porque “cabe mais comida”. É aquela frase bem estilo “piadas de tiozão”, mas que temos que concordar que faz todo o sentido!

Prato fundo com massaPrato fundo com massa. Por Mgg Vitchakorn - Unsplash.

Não é apenas esse o motivo pelo qual é usado os pratos fundos. São usados quando queremos servir alimentos que acompanham um molho, creme ou caldo, como é o caso das sopas, massas e risotos, por exemplo.

Normalmente o tamanho da sua borda é de 23 a 24,5cm de diâmetro. Essa borda mais funda foi pensada para preservar a temperatura do alimento por mais tempo, e para facilitar na hora de se servir quando a refeição possuir um volume maior de líquidos, sem precisar se preocupar em derramar o alimento.

Quando posto a uma mesa formal, nunca deve ser posto sozinho. Deve vir por último, depois do prato principal (raso e grande). 

Aposto que você só usava o prato fundo para sopas, não é mesmo? Ele é bem mais versátil do que você imagina! Também pode ser usado como entrada, com uma salada e até mesmo com algumas sobremesas como o petit gâteau.

Na hora de comprar o seu conjunto de pratos, escolha um material e cor que combine com o restante da louça. Fazer uma pequena mistura de cores e estampas com pratos fundos e rasos pode ser uma boa opção!

Pratos, taças, jogo americano e talheresPratos, taças, jogo americano e talheres. Por Be Bride Be Wife

Prato Raso

O prato raso é o mais tradicional, tanto em restaurantes quanto em nossas casas. É nele em que o prato principal vem servido, seja em ocasiões mais formais ou informais!

Na primeira ocasião, ele serve de apoio para o prato que vem com a entrada ou aperitivo, como é o caso do prato fundo ou o de sobremesa.

Pode ser usado para servir desde o clássico feijão e arroz até as receitas mais elaboradas e requintadas.

Se não tiver entradas ou aperitivos, apenas o prato principal, ele pode ser posto sozinho sobre o jogo americano, ou acompanhado de um sousplat.

Prato principal sobre um sousplat, talheres e outras louçasPrato principal sobre um sousplat, talheres e outras louças. Por Puxe uma Cadeira

O prato raso possui o tamanho ideal para as refeições. Alguns têm a borda mais alta que outros, então a média do seu tamanho pode variar de 25 a 28cm de diâmetro.

Em conjuntos mais completos existe uma pequena variação de tamanho dos pratos para almoço e jantar. Normalmente os pratos destinados para o jantar são um pouco menores, com cerca de 23 a 24cm de diâmetro.

Talvez seja interessante ter alguns pratos extras em sua coleção, justamente por ser o tipo de prato mais usado!

Prato raso com talheres, guardanapo e jogo americano.Prato raso com talheres, guardanapo e jogo americano. Por Jonathan Borba - Unsplash

Prato de pão

O prato de pão, como o próprio nome diz, é utilizado para colocar os pães e torradas quando o menu é composto por sopas e outras receitas que contenham molho.

É um hábito bastante comum entre os europeus, principalmente em refeições mais refinadas, sendo colocado 15cm à esquerda do prato principal, que é o prato raso!

Em nossas casas, mesmo em refeições informais, também usamos o pão de acompanhamentos para sopas e outros pratos como risotos e até mesmo massas. 

Pelo menos na minha casa é assim, e na sua? A diferença é que raramente temos um prato destinado apenas para isso em nossas louças!

Prato de pão à esquerda do prato principalPrato de pão à esquerda do prato principal. Por We Share Ideas

O prato de pão é o menor prato do conjunto, medindo em média 15,5 e 16,5cm de diâmetro, sendo um pouco menor que o prato de sobremesa e um pouco maior que o pires de chá.

Você costuma usar o prato de pão na sua mesa? Conta pra gente aí embaixo nos comentários!

Prato para sobremesa

Este prato também é muito comum e muito desejado, e o motivo já está no nome: sobremesa!

Seu tamanho é um pouco menor que o prato raso, medindo cerca de 18,5 à 21,5cm de diâmetro.

Ele não precisa ser destinado apenas para a sobremesa. Também pode ser útil durante um café da manhã ou em um lanche da tarde, servindo sanduíches, tapiocas, queijos, frutas, bolos e outros aperitivos.

Prato de sobremesa sobre o prato principal e sousplatPrato de sobremesa sobre o prato principal e sousplat. Por Natacha Lucena

Durante um almoço, ou um jantar formal, ele pode ser usado para servir uma salada, ou então a entrada antes da refeição principal.

Caso ele não seja destinado para a entrada, apenas para sobremesa, não é necessário deixar em cima do prato principal. Dessa forma só é posto na mesa no momento em que é servida a sobremesa!

Por falar nisso, se você está precisando de algumas inspirações de doces dignos de um belo prato de sobremesa, confira o post Sobremesas para restaurante, onde separamos 16 receitas super fáceis e muuuito gostosas!

Qual o melhor material para os pratos?

Depois de sabermos qual a diferença e a utilidade de cada um dos pratos, nos resta saber qual o melhor material para essas peças!

Eles foram inicialmente fabricadas de porcelana, madeira e metais como estanho e prata. Isso por perto do século XVIII, quando os pratos começaram a ser usados individualmente.

Os pratos rasos de cerâmica já eram de certa forma comuns na França no final dessa mesma época, mas só foram tomando o lugar das tigelas à mesa no final do século XIX.

Hoje em dia os pratos podem ser fabricados de diversos outros materiais como, plástico, vidro, madeira e metal. Entre os materiais mais utilizados são o de porcelana, cerâmica e vidro. 

Diferentes tamanhos e cores de pratos

Diferentes tamanhos e cores de pratos. Por Brooke Lark - Unsplash

Se você procura por peças mais refinadas, escolha a porcelana! Além de elegante, é de um material que resiste à altas temperaturas e é de pouca porosidade, ou seja, acumula poucos resíduos o que facilita na hora da limpeza. 

A cerâmica é mais famosa pela resistência contra impactos, desgastes e altas temperaturas. Mas, exige uma higienização maior, pois ao contrário da porcelana, contém poros que acumulam resíduos.

Já o vidro é o mais tradicional em nossas casas e conhecido pela sua durabilidade.

Também temos a opção das louças de plástico e melamina. Porém, segundo estudos, alguns pratos desses materiais podem ser prejudiciais à saúde quando entram em contato frequente com o calor, então se possível, é melhor evitar!

Mas conta pra gente, que material de prato você tem na sua casa? Qual é o melhor na sua opinião? Deixe aí embaixo nos comentários! 

Qual o melhor prato para restaurante?

Não se engane pensando que estará fazendo uma ótima escolha optando apenas pelo prato mais barato, ou pelo prato mais bonito para inserir no seu restaurante.

Há outros fatores que também precisamos levar em consideração antes de escolher essas peças, alguns como:

  • A aparência das mesas, toalhas, talheres, guardanapos e outros adereços;
  • O tipo de serviço oferecido no restaurante, se é self-service, à la carte, etc;
  • Facilidade na reposição e empilhamento das peças;
  • Resistência e higiene;

A estética dos pratos precisa combinar com o ambiente do restaurante e com os complementos da mesa. Tanto a forma quanto a cor do prato precisam ser escolhidos a base de um critério.

Lembre que a aparência é importante! O prato não deve ofuscar a comida, pelo contrário, deve valoriza-lá!

Em geral, os pratos brancos e redondos são coringas. Mas também é interessante dependendo do tipo do seu restaurante, ousar em um prato colorido em alimentos monocromáticos, para destacar ainda mais o alimento.

Pratos vermelho e azul.

Pratos vermelho e azul. Por Pixabay

O tamanho do prato precisa se adaptar ao tipo de culinária e ao tamanho da comida que costuma ser servida no restaurante. (justamente para não parecer que a porção é pequena demais e o prato é enorme).

O material precisa ser de fácil limpeza, ser resistente a arranhões e quedas, e ter qualidade para manter o seu brilho após dezenas ou centenas de lavagens.

Sendo assim, dentro de todas essas características, os materiais mais indicados em pratos de restaurante são a cerâmica e a porcelana.

A porcelana, especificamente, possui mais resistência à altas temperaturas da lavadora de louças, sem contar que sua forma de higienização é fácil, já que o material não é poroso.

Mas se for comparar entre os dois materiais, a cerâmica fica mais em conta, quebra menos e aguenta melhor o atrito da faca com a carne, por exemplo.

Outro material que é bastante comum em pratos de restaurantes é a melamina, aquela que citamos ser prejudicial à saúde se colocada em altas temperaturas e em contato com alimentos ácidos.

O motivo de ser tão usada nesses estabelecimentos é que ela imita a aparência da porcelana e apresenta mais durabilidade, tudo isso com um preço bem mais acessível.

Mas é preciso ter cuidado! Caso você opte da mesma forma investir na melamina para os pratos do seu restaurante, consulte a qualidade do material com seus fornecedores e analise se vale a pena.

Conclusão

Que existem diversos tamanhos, cores e modelos de pratos é fato! Mas nem sempre sabemos a diferença de cada um e as suas variadas ou limitadas utilidades.

Seja para frequentar ou oferecer um jantar mais formal, essas ocasiões necessitam de um pouquinho de conhecimento sobre os tipos de pratos para evitar constrangimentos!

Dessa forma, tudo vai depender do alimento que você irá servir. Por exemplo, o prato fundo sabemos que é usado para sopas, mas também pode ser destinado a alimentos que contenham um caldo ou um molho, como risotos e massas.

Ele também não deve ser posto sozinho à mesa (isso em situações formais) sempre deve estar sobre o prato principal, que é o prato raso!

Em casa, na hora de escolher os nossos jogos, podemos optar pelos materiais de porcelana, cerâmica e vidro. Justamente por serem mais saudáveis e resistentes.

Em restaurantes, talvez a porcelana e a cerâmica sejam a melhor opção. São materiais bonitos, de fácil limpeza e durabilidade!

Espero termos te ajudado a conhecer um pouquinho mais sobre a utilidade dos tipos de pratos! Conta pra gente aí embaixo nos comentários como você costuma usar cada um deles, vamos adorar saber!