Tipos de Restaurante: Conheça e Turbine o Seu Negócio

Definir o seu tipo de restaurante pode parecer algo um pouco complicado. Porém, isso pode ser muito mais fácil do que você imagina.

Se, por um acaso, você já possui um estabelecimento gastronômico, uma ótima forma de reinventar o seu estilo é conhecendo outros já existentes.

Dessa forma, você será capaz de atrair muito mais clientes para o seu negócio, podendo se tornar uma referência na sua região.

Agora, se você está abrindo o seu primeiro restaurante, esse artigo também é para você!

Existem diversas áreas de atuação e que você pode se especializar. Apesar de haver algum tipo de semelhança entre os visitantes de restaurantes, suas características variam de acordo com o cardápio e o ambiente.

Então, se você é ou deseja ser empreendedor do ramo gastronômico, é fundamental que você conheça os diferentes tipos de estabelecimento e tipos de culinária, a fim de impulsionar seu negócio.

Pensando nisso, com ajuda dos mais de 10 anos de experiência que eu tenho no ramo de criação de móveis para restaurantes, vou ajudar você nessa tarefa. Nesse artigo você vai conhecer os tipos de restaurante que podem ser adotados no seu negócio.

Vamos lá?

Tipos de Restaurantes: Serviço

Mesa rústica vista de cima com ornamentos centrais e um bolo. Cinco pratos brancos com guardanapos Por Inspired Bride
Conhecer os tipos de restaurante e seus serviços é fundamental

Existem diversos tipos de restaurantes em que você pode se espelhar para definir qual será adotado pelo seu estabelecimento. Assim, vamos conhecer os principais deles a seguir.

Rápido e Casual

O tipo de restaurante rápido e casual, diferente do que acontece com os fast foods, apresenta pratos um pouco mais sofisticados para o seus clientes.

Este tipo de opção costuma trabalhar com ingredientes orgânicos. Além disso suas cozinhas estão sempre de portas abertas para serem visitadas pelos clientes do estabelecimento. Com isso, é possível acompanhar a preparação dos pratos, além de se certificar da higiene do local.

Fast Food

3 hambúrguer de carne prontos para serem servidos e duas fatias de pão aberto com uma fatia de tomate Em Pinterest
O hambúrguer costuma ser um dos carros chefe dos fast foods

O estilo fast food é um dos mais populares do mundo todo. O seu objetivo é entregar um serviço rápido, além de preços acessíveis e conveniência aos seus clientes.

O seu público alvo costuma ser os mais jovens. No entanto, ele é capaz de atrair diversos tipos de pessoas das mais variadas idades, principalmente, por conta da sua praticidade.

Além disso, o modelo de gestão de fast foods é fácil de ser replicado, fazendo com que uma possível expansão de unidades não seja algo muito complexo de ser feito.

Estilo Familiar

Esse tipo de restaurante tem como objetivo entregar um clima de “jantar em família” aos seus clientes. Com isso, o local costuma disponibilizar serviços de mesa e opções com preços acessíveis em seu cardápio.

A característica principal de um restaurante familiar é realizar combinações de pratos clássicos ligados a alguma cultura peculiar (italiana, alemã, brasileira, etc) com molhos secretos de família.

Jantar Fino

Restaurantes de jantar fino prezam principalmente pelo luxo, elegância, e pela sofisticação da decoração. Por isso, costumam apresentar uma ótima harmonia entre o ambiente e seus pratos gourmet.

Além disso, esse tipo de estabelecimento gastronômico busca se renovar constantemente. Assim, ele é sempre referência nos quesitos: serviço, comida e recepção, o que acaba justificando os altos preços praticados.

Café ou Bistrô

Muitas pessoas confundem um Café com um Bistrô, não sabendo quais são suas diferenças. Apesar de possuírem muitas semelhanças, eles são diferentes.

O Bistrô, por exemplo, é mais simples, pequeno, aconchegante, atende na maioria das vezes famílias, oferecendo almoço ou janta, por um preço justo.

Já o Café, por sua vez, possui em seu cardápio diferentes tipos de cafés, doces, sanduíches, salgados, bolos e às vezes alguma refeição. Fica aberto o dia todo. Atende um público que procura um local calmo para conversar. 

Food Truck

Caminhão Food Truck azul fraco, estacionado na rua. Decorado com quadros negros e madeira. Uma pessoa sendo atendida e uma esperando Em 60 Second Marketer
O food truck possibilita mobilidade e inovação

Um food truck nada mais é que o restaurante móvel a céu aberto. Com isso, eles podem estar em diferentes lugares em uma mesma semana, por exemplo.

Além disso, é possível atingir um grande número de pessoas com refeições mais baratas do que um restaurante com endereço fixo.

Eles costumam oferecer opções de lanches um pouco mais sofisticados ou mesmo diferenciado do que o habitual, pois fazem uso de ingredientes inusitados e em algumas vezes um pouco mais requintados.

Restaurante Buffet

Esse tipo de restaurante é baseado em um conceito que existe desde a Idade Média.

Neste conceito é o próprio cliente que serve as suas refeições. Assim, ele possui uma liberdade de escolha ante a várias opções de prato.

Essa é uma ótima opção para pessoas que procuram refeições mais baratas. Com isso, os funcionários do estabelecimento só precisam repor a comida e receber o pagamento no momento da saída do cliente.

Restaurantes Pop Up

O restaurante Pop Up ainda não é muito disseminado no Brasil, diferente do que acontece em vários países europeus.

Esse conceito existe desde a década de 60. Ele se baseia na possibilidade de montagem de restaurantes em locais pouco convencionais, funcionando apenas por um curto espaço de tempo. Assim, seus clientes conseguem ter uma experiência nova, única e inovadora.

Esse tipo de restaurante pode surgir em diversos locais diferentes, como em armazéns, fábricas abandonadas, galpões e residências, por exemplo. Tudo que você precisa fazer é ser o mais criativo possível.

Dessa forma, você, como empreendedor, acaba precisando de pouco tempo e de pouco dinheiro para surpreender o seus clientes.

Restaurante Típico 

Um restaurante típico tem como característica a confecção de pratos regionais. Assim, a decoração e o mobiliário do ambiente também acabam seguindo a mesma direção, representando a região.

Você pode também oferecer apresentações tradicionais, tornando-se uma referência em relação aos costumes locais, ou típicos da região que escolheu.

Restaurante Grill 

Esse tipo de estabelecimento gastronômico é baseado em grelhados. Assim, o seu cardápio pode conter diversos tipos de carnes, como peixes, mariscos, aves, porco, por exemplo.

Normalmente, um restaurante Grill também disponibiliza um serviço de acompanhamentos e buffet de frios.

Além disso, ele pode ser feito de duas formas: através de um cardápio à la carte ou baseado em um sistema de rodízio.

Restaurante de Estrada 

O serviço de um restaurante de estrada tem como característica ser rápido e simples, já que o objetivo é servir o viajante em sua parada no meio da viagem.

Por conta disso, na maioria das vezes, esse tipo de restaurante possui o sistema self-service. Em alguns casos, também é possível encontrar opções com rodízio de carne.

Geralmente, eles estão localizados à beira da estrada junto a um outro tipo de serviço, como um posto de gasolina.

Taberna ou Tasca

interior de uma taberna com mesas com tampo branco e pés e banquinhos vermelhos. Pendentes de lata em cor preta Por Luís Barra em Visão Sete
Uma taberna é uma ótima opção para atrair o público amante de vinhos

Em uma taberna, normalmente, objetivo é a venda de vinhos. Porém, os serviços de sanduíches, pratos regionais e tapas (aperitivos), por exemplo, estão sendo bastante explorados em uma taberna.

Sua decoração costuma ser baseada em vinhos e vinícolas. Esse tipo de estabelecimento gastronômico tem ganhado bastante visibilidade junto aos amantes de vinho.

Restaurante de Hotel

Um restaurante de hotel tem como objetivo servir os clientes acomodados no estabelecimento comercial. Geralmente, ele também é aberto para passantes do local. 

Seus pratos costumam ser básicos, como filé com fritos, ou sanduíches e omeletes.

Tipos de Restaurantes: Gastronomia

Mesa vista de cima com pratos com comida, talheres, pessoas se servindo Em Pinterest
Os diferentes tipos de restaurantes atraem diferentes tipos de público

É comum que diversas cidades brasileiras apresentam em um leque de variedades de restaurantes com tipo de gastronomia diferente.

 Assim, não é muito difícil encontrar estabelecimentos gastronômicos de comida japonesa, italiana, mexicana, tailandesa, entre diversos outras.

Se você tem vontade de inovar e abrir um restaurante baseado em algum tipo de comida estrangeira, saiba que não é necessário sair do Brasil para se inspirar.

Então, para se diferenciar e impulsionar o seu negócio, talvez uma ótima opção seja apostar em uma gastronomia que não seja a brasileira.

Eu já conheci diversos restaurantes desse tipo em minhas andanças pelo Brasil. Pensando nisso, vou mostrar para você algumas opções bastante procuradas por frequentadores de restaurante.

Confira:

Culinária Italiana

A Itália é um dos países que foi mais bem-sucedido em disseminar a sua cozinha no mundo. Com certeza você degusta uma macarronada ou uma pizza pelo menos uma vez ao mês, não é mesmo? Estou falando isso, pois eu faço e acredito que você também.

Além desses pratos muito conhecidos, o risoto e o carpaccio também são comidas italianas. Outro queridinho dos clientes desse tipo de restaurante é o gelatto ou tiramisú. Também estão no topo da lista de mais procurados os variados tipos de queijo, como o parmesão, a muçarela e a gorgonzola.

Pizza de queijo, tomate, pimentão verde, azeitona roxa fatiada em um fundo preto ao redor decorando: alho, pimentão, alecrim e um copo com chopp Por Snapwire
A pizza é um dos pratos mais conhecidos do mundo

Também não podemos esquecer das bruschettas e da polenta, que também abrilhantam os pratos do Sul do Brasil.

Por ser uma gastronomia amada pela população mundial, essa pode ser uma ótima opção de restaurante para você.

Culinária Mexicana

Esse tipo de restaurante também costuma ser muito procurado pelos brasileiros, principalmente pelos amantes de feijão e de comida apimentada.

A gastronomia mexicana surgiu baseada em práticas da cultura de povos pré-colombianos, principalmente os astecas. Tempos depois, no século XVI, costumes espanhóis também foram introduzidos na preparação dos pratos com o uso de especiarias.

A comida mexicana costuma ter um sabor bastante marcante, já que é preparado com temperos típicos do país. Os pratos mais conhecidos e adorados pelos brasileiros são o burrito, os nachos, a quesadilla, a tortilla e o chilli. Os recheios utilizados nessas preparações costuma ser carne de vaca, de porco ou de frango, além de feijões e queijo.

Culinária Japonesa

Esse tipo de estabelecimento gastronômico tem crescido cada vez mais em todo o país.

Não sei qual é a sua opinião sobre, mas existe uma rixa muito grande entre os amantes de sushi e as pessoas que passam longe de peixe cru. Apesar de algumas pessoas pensarem dessa forma, a gastronomia japonesa vai muito além do amor ou não pelo peixe cru. 

O tempurá, por exemplo, é uma ótima opção para quem não gosta de peixe. Ele é feito através da fritura de qualquer coisa, como legumes, envolto em uma massa leve, ficando muito crocante. 

Outro exemplo é o guioza. Este prato é originário da China, no entanto, os japoneses adaptaram sua massa para que ela fique mais leve e seja levemente frita. O resultado disso é uma consistência única e muito saborosa.

Um prato bastante consumido pelos japoneses é o lámen. Ele nada mais é do que a união de massa e sopa na mesma refeição, podendo conter broto de feijão, vegetais, tofu, ovo cozido e alguma proteína animal, como frango ou porco.

Muitos restaurantes também apostam no yakiniku, que é uma carne grelhada preparada diretamente na mesa do cliente. Assim, você também consegue agradar os amantes de churrasco, por exemplo. 

Apesar disso tudo, o carro chefe de um restaurante japonês é sempre o sushi. Servido de várias formas, aqui no Brasil foi adaptado ao paladar brasileiro, por isso bem improvável você comer um sushi com cream cheese ou Doritos lá no Japão. 

Sushi sendo pegado por um hashi preto ao fundo potinho preto com molho Em Seek Business
O sushi é um dos pratos japoneses mais procurados

Dessa forma, se o seu objetivo é abrir um restaurante que tenha muita procura por parte dos clientes, o restaurante japonês pode ser uma ótima opção.

Culinária Peruana

Esse tipo de restaurante oferece uma culinária muito variada e rica, já que esta é conhecida como uma das melhores gastronomias sul americana.

Suas receitas são baseadas em heranças culturais e gastronômicas dos povos incas, africanos, espanhóis, além de japoneses e chineses. Inclusive, um fato muito interessante, é que muitos dos ingredientes utilizados são encontrados apenas no país. Com isso, você acaba entregando muito valor ao cliente ao abrir esse tipo de restaurante.

Um dos pratos principais dessa culinária é o ceviche, tendo conquistado o coração de diversos brasileiros atualmente.

Culinária Havaiana

A culinária havaiana é muito rica em nutrientes, sendo bastante saudável e saborosa. Por conta do clima da ilha, seus pratos são perfeitos para quem busca um refresco em dias quentes.

O cardápio é influenciado por diversas culturas mundiais, como asiática e a italiana, por exemplo. Um dos pratos mais consumidos e conhecidos é o arroz havaiano. Ele é preparado com ingredientes refrescantes e tropicais, como gengibre e abacaxi.

Outra opção tem ganhado bastante espaço entre brasileiros é o poke. Este nada mais é do que uma tigela composta por arroz,  algum fruto do mar, molho shoyu e uma fruta, como manga ou abacate depende da variação. 

Tigela de Poke e palito de hashi Por J. Kenji López-Alt
O poke tem ganhado muitos adeptos no Brasil

Hoje em dia, também não é difícil encontrar essa opção em restaurantes japoneses, quem têm realizado adaptações em seu preparo.

Culinária Húngara

Se o seu objetivo é ter um restaurante e um cardápio inovadores, um estabelecimento de culinária húngara pode ser o ideal.

As refeições deste tipo de cozinha apresentam uma mistura de aromas e sabores bem peculiar.

Por refletir bastante a história e a cultura da Hungria, essa culinária utiliza bastante alho, pimenta malagueta, pimentão e páprica. Ao serem misturados com outros sabores típicos do país, eles formam um dos pratos mais conhecidos do local, que é o Goulash. 

As sobremesas húngaras também são maravilhosas, como é o caso do pão doce Kurtos Kalacs.

Culinária Mongol

A culinária mongol é regada por temperos. No entanto, ela é bastante saudável, já que é composta por diversos ingredientes naturais, como os vegetais.

A Mongólia também faz uso de vários tipos de carne em seus pratos. Um dos mais consumidos no país é o bolinho cozido no vapor recheado com carne, além, é claro, do tradicional carneiro cozido.

Culinária Etíope

Não sei se você já provou algum prato da culinária etíope, mas posso te garantir de que todos eles são sensacionais. A gastronomia da Etiópia faz uso de diversas plantas, ingredientes típicos da região, o que pode dificultar um pouco a reprodução do seu cardápio.

Porém, grandes cidades como Nova Iorque, Sidney e São Paulo, apresentam restaurantes que possibilitam essa experiência gastronômica.

Um dos pratos mais conhecidos da Etiópia é um grande crepe, chamada de injera, à base de farinha fermentada em água por alguns dias. Depois disso, ela é cozida em chapas de barro ou de ferro.

É possível comer a injera com variados tipos de wot (um molho temperado feito de legumes ou de carne), estes são dispostos em cima da massa. Assim, tira um pedaço da massa de maneira gentil e com ela pega os wots.

Assim, por conta dos temperos etíopes únicos, esse tipo de restaurante faz com que muitas pessoas se interessem pela culinária desse país.

Culinária Tailandesa

A gastronomia da Tailândia é muito conhecido e apreciado e restaurantes de diversos locais do mundo. Isso acontece, principalmente, por conta da sua mistura de sabores, como pimenta, açúcar, frutos do mar e fritura.

Existe uma tendência de se gourmetizar restaurantes tailandeses. No entanto, na Tailândia existe o hábito de se comer em locais abertos ou em bancas de rua. Assim, os estabelecimentos gastronômicos que costumam entregar uma experiência mais fiel a seus clientes, tendem a fazer mais sucesso.

Os principais pratos dessa culinária são:

  • Pad thai: é uma massa de arroz com molho agridoce, algum tipo de fruto do mar ou carne, acompanhada de limão, brotos de feijão e amendoim;
  • Khao pad: é feito com arroz frito, seguindo a sequência de ingredientes do Pad thai;
  • Spring roll: é um rolinho de legumes com ou sem carne, frito ou não.

Culinária Indiana

Esse tipo de restaurante é baseado na cultura e culinária da Índia. Apesar de não usar carne de vaca em suas preparações, pois este é considerado um animal sagrado no país, essa culinária é bastante querida no mundo inteiro.

Existem algumas características regionais na preparação dos pratos. Porém, os itens mais comuns dessa cozinha são feitos com uma mistura de temperos, como o frango tikka masala. Este nada mais é do que um frango marinado em um delicioso creme curry.

Comida feita com frango em uma bandeja de madeira preta sob uma mesa de madeira marrom. Foto vista de cima Em Pinterest
O frango tikka masala é um dos pratos da culinária indiana

A culinária indiana também apresenta o uso massivo de iogurte, pimenta, limão, especiarias e ghee (espécie de manteiga clarificada).

Por não fazer uso de carne, esse tipo de cozinha possui diversas opções vegetarianas e veganas. 

Um ótimo exemplo é o dahl, que é um ensopado de lentilhas que costuma ser acompanhado por arroz ou chapati, uma espécie de pão.

Outros exemplos de pratos deliciosos são o vada pav (hambúrguer feito de batata) a samosa (pastelzinho frito) e o malai kofta (almôndegas vegetarianas).

Talvez você também já tenha ouvido falar no pão mais famoso da cozinha indiana, que é o naan. Este é assado no tandoor, um tipo de forno redondo. Nele, as brasas ficam no centro, onde o pão assa em suas paredes. Apesar de não ser fácil replicar este forno fora da Índia, muitos lugares conseguem replicar a maciez desse pão.

Assim, essa também pode ser uma ótima opção de restaurante para você.

Conclusão

Cinco pratos brancos com comidas diferentes alinhados em fila na parte inferior da foto com fundo marrom dourado Por Comfreak
Escolher o tipo certo de restaurante é fundamental

Abrir ou modernizar um restaurante pode não parecer uma tarefa muito fácil quando você não conhece todas as opções disponíveis. 

No entanto, diferente do que muitas pessoas pensam, existem diversas opções que podem agradar você e os seus clientes.

Uma delas é o estilo à la carte, que serve muito bem pessoas que buscam pratos individuais ou que servem duas pessoas. 

Também existem outras opções, como restaurantes familiares, bistrôs, tabernas, food trucks e fast foods, por exemplo. 

Mas, se você quer fazer algo diferente e despertar a atenção da sua clientela, uma boa opção são os pop ups, já que eles são itinerantes e são sempre uma novidade por onde passam.

Além disso, escolher o tipo de gastronomia ideal pode fazer toda a diferença entre o sucesso e o fracasso do seu negócio. Uma das mais famosas no mundo todo é a italiana com suas pizzas e massas. 

Para inovar, você pode optar pela culinária havaiana ou etíope, por exemplo. Tudo vai depender do público que você quer atingir.

Independentemente do estilo que você escolher, aqui na Empório Tambo você encontra os tipos de móveis ideias para transformar o seu restaurante em um verdadeiro sucesso! Conte sempre com a gente! 

Fale Conosco pelo Whatsapp