Então você está pensando em montar um bar?

Se está disposto a enfrentar a responsabilidade de empreender e principalmente estudar o assunto. Podemos garantir que terá sucesso.

Bar é sinônimo de diversão e você pode promover isso tranquilamente seguindo alguns passos. 

mulher sorrindo segurando um drink
Por Michael Discenza

Vamos eliminar algumas dúvidas como: por onde começar a montar meu bar? E também iluminar seu caminho com algumas dicas importantes.

Vendemos cadeiras e mesas para bares, restaurantes, pubs, cafés, padarias e é costumeiro recebermos clientes que estão iniciando seus negócios. 

Sendo este um assunto que também nos cativa, achamos relevante trazer para nosso blog.

Por isso, esperamos aqui, lhe ajudar a montar seu sonho, afinal existem inúmeros tipos de bares, podendo ser temático, com horários diferenciados, servir diferentes tipos de comida, ou até mesmo na garagem da sua casa? Já pensou?

Se sim, acompanhe o passo a passo de como montar um bar que preparamos especialmente para você!

O que você já sabe sobre montar um bar?

Bar interno com várias pessoas sentadas nas mesas e banquetas. Ambiente com luz baixa e vários monitores na parede entre as prateleiras de bebidas.
Por Eric Tompkins

O importante, é você saber que o desafio de montar um bar começa no que você está pensando em oferecer, para quem vai oferecer e quanto de dinheiro pretende investir.  

Seu bar será um local onde as pessoas vão para relaxar, encontrar amigos, paquerar, escutar uma boa música, beber e comer.

Bares, pubs e restaurantes são estabelecimentos comuns no Brasil. Essa é uma informação óbvia, mas que vale à pena a reflexão. Afinal, mesmo com tanta concorrência, as pessoas gostam de novos bares e espaços para frequentarem.

Isso significa que as suas chances de sucesso são altas. Basta se deter a um grande detalhe: seu bar precisa se destacar! 

Seja pela criatividade na decoração, a excelência no atendimento, o local do estabelecimento ou também as atrações que oferece.

Lembrando sempre que a qualidade em todas elas devem estar presentes.

Então para seu bar funcionar precisa de um lugar com estrutura adequada para uma cozinha, um salão com mesas e cadeiras. Bartenders, garçons, cozinheiras. E alguém que ficará no caixa. 

Ah! Não vamos esquecer do alvará para abrir as portas. 

Vamos sem demora ao passo a passo para fazer acontecer!?!

O que você precisa para montar um bar:

Pelo artigo do Sebrae é importante a elaboração de um Plano de Negócio. É por aí que vamos começar. 

Nele vamos pontuar tudo o que pudermos: do público à concorrência, tamanho do estabelecimento e serviço oferecido. Comida, bebida e atendimento, desta maneira identificamos a nossa forma de atuação no mercado.

caixa azul com escritas explicando o que é um plano de negócio
Por Sebrae

Faça um mapeamento da região. Uma lista de todos os potenciais concorrentes. A seguir, descubra o que eles estão vendendo, quais serviços estão oferecendo e como é o ambiente.

Tudo o que estiver relacionado a bebidas, comidas, eventos, shows, músicas, decoração, temática e atividades diversas será útil para a sua análise.

Com todos os dados anotados, você deverá iniciar o seu estudo de viabilidade. Nele, deve traçar planos e estratégias para tornar o seu bar um local popular.

Defina qual será o seu público alvo e quais são os gostos e preferências desse grupo, definindo um espaço do mercado local ainda inexplorado pelos seus concorrentes. 

Só depois desse levantamento que vai ser pensado nos produtos, custos, precificação, infraestrutura e ambientação do seu bar.

Saiba que com um bom plano em mãos você irá ter uma visão ampla e diferente do mercado. Não é apenas um bar, é um negócio estudado, elaborado e que tem tudo para dar certo. 

Você vai ver, como o plano de negócio bem elaborado te dará boas perspectivas de vida para seu bar.  Vamos falar sobre os passos para te inspirar durante o plano de negócios:

Que Tipos de Bares posso montar?

Agora sim você vai começar a dar os seus primeiros passos para montar um bar. Então, qual é o bar que vai abrir?

Drink em uma taça servido em uma caixinha de madeira com um potinho de alimento. Apoiado em balcão de madeira
Por Jakub Dziubak
Independente do estilo do bar você pode usar a criatividade para servir

Existem vários, do simples ao temático, do botequinho ao bar luxuoso. E, com certeza, todos eles podem fazer sucesso! Como disse o ex-presidente da ABRASEL, Paulo Solmucci Jr,  “Um barzinho de vizinhança é, por menor que seja, o lugar da vida social das pessoas”. São verdadeiros patrimônios culturais, não importa o tipo ou tamanho.

Com isso entendemos que para dar certo o importante não é o tamanho do bar, mas tudo o que ele pode oferecer para quem está ali, querendo passar por uma boa experiência ou somente relaxar no final de tarde. 

O melhor tipo de bar para você abrir é aquele que combina com você, com a região e com o seu público. Nessa hora também consideramos o valor separado para o investimento. 

Pode ser um Pub, um Café, algo que funcione mais a noite em determinados dias da semana, que tenha atrações musicais, um barzinho mais simples ou mesmo aquela ideia de ser na sua própria garagem.

Vale a pena pesquisar mais afundo sobre cada tipo de bar, e o que eles geralmente oferecem. No nosso blog você encontra inúmeros posts que podem lhe ajudar a decidir. 

Uma pausa na leitura para se inspirar com essas fotos de bares:

Ambiente de bar com chão, prateleiras e balcão de madeira. Parede de tijolos aparente e ao fundo pipas e uma lareira de ferro
Por Tyler Chartier Architectural
Rústico - Bar traz a sensação de antigo e deixa um toque de aconchego. Principalmente pela harmonia do ambiente

Ambiente de bar com mesa de madeira e cadeiras pretas, paredes vermelha com vários quadros e objetos vintages pendurados
Por Thiago J. Cabral
Vintage/retrô - A pizzaria Mercato possui milhares de itens na decoração que prestigia o estilo vintage com uma pegada Rock

Ambiente interno de bar com escada em L.
Em Bar Arte e Restaurante
Moderno - Uma ideia nova misturando Bar, Arte e Restaurante

Parede com várias figuras de filmes, desenhos e seriados
Em Season One
Bar baseado no cinema - Para os amantes de cinema, um lugar bem apropriado

Ambiente interno com chão de madeira, mesas e cadeiras de madeira. Decorado com luminárias pendentes e folhas
Em Comer, Dormir, Viajar
Bar Praiano - Poderia ser rústico, mas os detalhes da decoração dão o toque. As plantas, o estilo das luminárias e as cores remetem ao estilo

Balcão de bar revestido de bamboo, com banquetas altas. Muitas folhagens e uma coluna de apoio esculpida em formato de toten
Em Universo Retro
Bar Havaiano - Muito próximo a decoração do bar praia. Mas o bamboo utilizado, com a pegada da textura das banquetas. As cores e a coluna esculpida como se fossem o toten dão a cara do Hawaii

Bar com pessoas sentadas em mesas feitas de troncos de madeira e ferro. Paredes de tijolos com quadros em formato de escudos e uma armadura de cavaleiro no canto direito superior
Em Taverna Pub
Bar Medieval - Esse bar é todo de tijolos parecendo muito com o um castelo. Tanto dentro e fora, realmente deslumbrante

Mulheres cantando em frente a uma parede vermelha
Em Karaokê Bar
Karaokê - O que é um bar de Karaokê sem um palco apropriado né? Este bar fica na cidade de Curitiba

Ah, vem cá! Você ama um bar no estilo Rock, por exemplo, mas se você identificou seu público lá no planejamento sendo sertanejo, então aqui a dica é: adaptação!

Você precisa escolher o bar de acordo com seu gosto, para ir trabalhar animado, mas também não pode ir em direção contrária do seu público.  

Cardápio do bar

Para falarmos da comida vamos chamar nosso amigo, o cliente! É, ele está presente em todas as etapas, afinal é quem gira a chave do seu negócio, quem usufrui e gasta em seu bar.

É importantíssimo conhecer seu público para elaborar um cardápio. 

Se optou por um bar do tipo “botequinho”, o cliente desse tipo de estabelecimento, com certeza irá gostar de um cardápio com variedades de porções.

Vale ressaltar o artigo  Cardápio de bar, do site Ecomanda, “Um cardápio de bar extenso demais significa prejuízo e desperdício, além disso, cria um estabelecimento ”sem cara”".

Talvez o cliente queira muitas opções, mas a qualidade do que será oferecido pode ser muito mais valioso do que a quantidade. 

No mesmo artigo também fala da importância de disponibilizar comida diferente, já que a concorrência de bares pode ser alta na mesma região. 

Essa ideia de inovar é ótima, então use ingredientes fáceis de encontrar e também dê preferência aos que têm maior tempo de conservação. Para você não ter desperdícios e não precisar elevar o valor do prato. 

Se seu bar vai se destacar dos concorrentes por ter uma temática diferente com certeza a comida precisa adequar ao estilo.

Se for um ambiente Mexicano, por exemplo, pelo menos as receitas mais conhecidas devem fazer parte do seu cardápio. 

Prato branco com 3 tacos bem recheados, uma tigelinha com molho caseiro e ao fundo três garrafas de pimentas.
Por Omar Freitas

Assim a comida do seu bar vai se adaptando ao estilo do ambiente. O ideal é ir atrás do seu tema e pesquisar sobre a culinária que se relaciona com ele assim fazendo um cardápio provocante.

Nota: o seu cardápio também tem conexão com a decoração.

Local ideal para o Bar

O local do seu bar será próximo do seu público, exemplo, próximo de faculdades, cursinhos e escritórios terão bom retorno. 

Você pode escolher abrir o bar no caminho que seu cliente faz ao voltar para casa no final do dia. 

O artigo do Sebrae nos lembra que existem regras como Lei do Silêncio por isso é interessante pesquisar se o local permite estabelecimento que promove barulho e movimentação intensa de carros e pessoas. 

Além disso, a infraestrutura da casa deve estar de acordo com os padrões exigidos: água, energia, coleta de lixo. Observe com cautela. 

Outro ponto que vale analisar é se o local tem fácil acesso e se permite estacionamento. Que convenhamos, agrada muito ter onde deixar o nosso carro quando saímos, né? 

Documentação necessária para abrir um bar

Placa luminosa de neom escrito BAR,pendurada sob a porta do estabelecimento em prédio de tijolinho
Por Alexandre Godreau

Outro ponto para você ficar super atento é sobre as regularizações de se montar um bar. Você deve ir até a prefeitura da sua cidade e se informar sobre as medidas que devem ser tomadas.

Um contador da sua confiança pode ser muito útil. Aqui estão alguns documentos exigidos:

  • Registro de compra dos alimentos;
  • CNPJ;
  • Cópia autenticada do RG e CPF;
  • Folha espelho do IRPF;
  • IPTU do imóvel;
  • Cópia do Contrato de Locação ou Compra e Venda; 
  • Alvará de funcionamento;
  • Outros documentos exigidos que varia de cidade para cidade.
  • Os documentos podem variar de acordo com diversos fatores, esta lista é só uma ideia do que vai precisar.

Você deve prestar muita atenção quanto às leis, de fumar em locais fechados e venda de bebidas alcoólicas principalmente para menores de idade. 

Esse assunto de legislação você deve ter um cuidado primordial. Vale se informar e estudar profundamente sobre. Assim você evita dores de cabeça futuras. 

Atenção ao ambiente do Bar

Aqui vamos falar um pouco sobre a estrutura do bar. Que é simples, né: balcão, salão, cozinha, banheiros e depósito. 

Mas cada um merece uma atenção especial para o ambiente se torne acolhedor, prático e organizado. Imagina que a casa está cheia e seus garçons andando de um lado para outro, em um ambiente bem estruturado? Tudo flui.

Imagine as bebidas expostas como parte da decoração e, ao mesmo tempo, atraindo seus clientes para pedir um drinque. Alguns bares usam luz atrás das garrafas.

garrafas de diversas bebidas alcoólicas na prateleira com luz neon atrás para destacá-las
Por Boban Ninkovic

A luz no ambiente vai depender da proposta do bar, mais clara ou mais escura. Que vai influenciar também na cor do cardápio.    

Se sua escolha for bar temático a estrutura precisa ser um pouco mais preparada, uma vez que vai ganhar uma série de ornamentos e uma coisa necessita conversar com outra. 

Além da decoração visualmente atraente, harmoniosa e que faça as pessoas quererem entrar e conhecer o bar, coloque uma boa música, que, de preferência, tenha a ver com o estilo do seu bar.

???? Dica: A música não deve ser alta a ponto das pessoas não se escutarem enquanto conversam ou fazem seus pedidos.

Vamos ver mais detalhado alguns pontos que podem ser ajustados para que seu ambiente seja o mais agradável possível e seu cliente ame estar ali.

Estrutura interna

Nem sempre será possível atender todos os detalhes aqui descritos, mas estamos falando sobre o que seria mais apropriado e depende do estilo do bar, vamos lá?

cozinha é essencial e o depósito muito importante. A armazenagem de comida e bebida garante um bom estoque além de te dar uma noção clara do que você pode oferecer no seu cardápio.

Precisamos de banheiros, femininos e masculinos. Aqui também pode ser um único banheiro dependendo do tamanho do seu bar e o que pretende oferecer. 

???? Dica: Se o espaço permite ter dois banheiros femininos, aposte nisso. É bem frequente as filas enormes nos banheiros femininos.

balcão vai precisar ser bem localizado dentro do salão, de fácil acesso ao público. E  escolha o tampo, além das mesas e as cadeiras, de um material que facilite a higienização,  assim mantém o ambiente sempre limpo!

Opte por Cadeiras resistentes e duráveis. Banquetas que ficam no balcão devem estar numa altura compatível  para que o cliente consiga se movimentar.

Falando em movimento, deixar um bom espaço entre as mesas no salão, é indispensável, principalmente se terá garçons circulando. E também será ótimo quando receber cadeirantes.

Espaço entre as cadeiras… hum, você já se questionou quantas irá precisar no seu espaço? Vamos ao tópico a seguir, para explicar melhor esta questão:

Quantas mesas e cadeiras são necessárias para meu bar? 

ambiente de bar interno mostrando mesas e cadeiras
Por Vishwas Kattti

Parece uma questão simples, porém ela pode determinar muito sobre a lucratividade do seu negócio.

A escolha certa das mesas, principalmente no quesito tamanho do tampo é fundamental para entender a dinâmica do seu público e cardápio servido.

É importante saber como são os grupos de pessoas a ser atendido. Por exemplo:

  • Costumam vir sozinhos
  • Costumam vir com 1 amigo
  • Costumam vir em casal
  • Casal com filhos
  • Grupos bem maiores

É comum que a diversidade destes grupos se misturem no dia a dia do seu bar. Faça um exercício e defina em percentual a quantidade dos grupos, por exemplo:

  • 20% grupos de 1 pessoa
  • 30% grupos de 2 pessoas
  • 40% grupos de 3 a 4 pessoas
  • 10% grupos com mais de 4 pessoas

Perceba como mesas quadradas permitem serem usadas separadas ou juntas, podem fazer com que você não perca com cadeiras ociosas.

Veja o exemplo abaixo e entenda melhor por que definir isso é importante:

Design Tambo
Design Tambo

Viu só como pode deixar assentos vazios facilmente? Uma boa análise neste sentido é muito importante para melhor aproveitamento do espaço.

Conte conosco aqui da Tambo se desejar fazer este estudo, basta nos contar seu caso. Criaremos um modelo em 3D do seu ambiente otimizado e personalizado, é só chamar!

Assim vai ficar mais fácil decidir pelo tamanho das mesas e número de lugares de cada caso. Lembre-se que o cardápio servido vai impactar diretamente neste caso também. 

Divida em grupos que usam as mesas como APOIO de bebidas e petiscos. Desta forma o uso se dá mais afastado da mesa. 

Design Tambo
Design Tambo

E também os grupos que usam as mesas para REFEIÇÃO. Estas pessoas precisam se acomodar melhor, e terem um espaço maior para pratos talheres etc.

Design TamboDesign Tambo

Existe também o caso de bares que servem hambúrgueres e grandes porções que vão usar mesas com bom espaço: 

Design TamboDesign Tambo

Estes exemplos acima, lhe ajuda entender a disposição das mesas. Assim conseguindo determinar a quantidade necessária de mesas, considerando que o número de cadeiras e bancos depende do estilo do bar e cardápio. 

Equipe Treinada
Tão importante quanto tudo o que já foi dito, a sua equipe é vital para o funcionamento do seu bar. Prepare-a para lidar com o público de acordo com a temática do seu bar. 

A quantidade de funcionários vai ser proporcional com o tamanho do seu bar e inclui: Garçom, Cozinheiro, Responsável pela limpeza e um Caixa/recepcionista!

Todos devidamente treinados, dessa forma garante vendas e também um bom relacionamento com os seus clientes. 

Ofereça sempre um bom atendimento. Contrate pessoas dispostas!

Equipamentos para montar o bar 
Nesta hora é um gasto! Assusta né? Mas relaxa, você fez um planejamento ótimo e tem um orçamento necessário para os equipamentos também.

Vamos a lista então:

  • Fogão industrial;
  • Balcão frigorífico;
  • Chapa com aquecimento a gás;
  • Exaustor;
  • Fritadeira elétrica;
  • Panelas, assadeiras, etc;
  • Forno de microondas;
  • Freezer horizontal com geladeira;
  • Geladeira vertical especial para cerveja;
  • Espremedor de frutas e Liquidificador;
  • Prateleiras para exposição de bebidas;
  • Coqueteleira ou shaker para preparar coquetéis batidos e Dosadora;
  • Mesas, cadeiras e banquetas;
  • Aparelho de TV e DVD player e equipamento de som distribuído pelo ambiente;
  • Materiais de uso diário, tais como: talheres, pratos, copos, panelas, cinzeiros, etc.
  • Computador completo com impressora e impressora de cupom fiscal;
  • Software de gerenciamento de bares e similares:
  • Telefone;
  • Caixa para guardar dinheiro e cheques;
  • Equipamento para recebimento através de cartões de débito e crédito;
  • Estufas para salgados;
  • Sistema de ar condicionado dimensionado de acordo com o tamanho do ambiente;

Vimos até aqui que o processo de montar um bar exige muita pesquisa e necessita muito trabalho!

Por isso, é totalmente relevante falarmos que você precisa também, apostar em uma identidade visual original. Sua marca será usada para identificar e também personalizar seu bar.

E claro, irá usar na divulgação do seu espaço. Afinal, de nada adianta gastar tanta energia e criatividade na construção do seu bar e não mostrar para o mundo, não é mesmo?

Divulgação de Bares

Foto de bar com chão quadriculado, sofás ao redor, banquetas altas no balcão. Prateleira com bebidas e fundo escuro. Lustre grande central
Em Thrillist

E, adivinhe só, para fazer uma divulgação mais eficiente, você também deve pensar no seu tipo de público.

Se o seu bar for voltado para o público jovem, ou seja, entre os 18 e 30 anos, você pode usar as redes sociais.

Crie uma página para o seu bar em cada uma delas, poste fotos e vídeos interessantes e mostre que esse espaço garante o divertimento. Até mesmo a criação de memes pode ser uma boa saída.

Existem vários bares na internet que utilizam desse recurso, e funciona muito! Outras formas de divulgação podem ser eficientes, como a panfletagem, carro de som, e-mail, etc.

Para todos os efeitos, a internet é o que mais funciona. Ter um site do seu negócio, por exemplo, é completamente essencial. Dessa forma, você pode atualizar os seus clientes sobre promoções, novos itens no cardápio, horários, etc.

Conclusão

 E então? Como você se sente em relação a montar um bar? Tem muita pesquisa e estudo, fora o trabalho né, mas é divertido e gratificante você montar o trabalho dos sonhos.
Como vimos, existem vários tipos de bares, e seu cliente deve ser considerado na maior parte na hora de escolher o rumo do seu bar.

 Além de um local que permite dar aconchego ao seu cliente, ter todos os equipamentos ajudam muito em um funcionamento adequado.

 Lembre-se sempre de apostar na sua equipe, de ajudar ela a dar ao seu cliente um atendimento impecável. 

 Cada partezinha que conversamos contribui para a formação da identidade do seu bar. Por isso, é importante fazer a pesquisa e usar a criatividade para transformar o seu bar em um ambiente cativante.

 Se inspire na sua concorrência e em outros bares que estão fazendo sucesso, mas não esqueça de dar a sua cara ao seu negócio. 

 Esperamos que nosso conteúdo tenha ajudado a esclarecer  alguns pontos. O mais importante é você se deter no planejamento e estudo de viabilidade, pois vai deixar a experiência de montar seu bar ainda mais fácil.

 Antes de nos despedirmos de vez, vamos fazer o convite para pesquisar em nosso blog, artigos com temas de decoração, tem muita coisa bacana para você também inspirar e  investir na decoração.

 Qualquer dúvida que ficou, ou se achou algum tópico em especial mais interessante? Deixe nos comentários, assim podemos trazer mais e mais conteúdos relevantes para você.